22 de set de 2007

Estudiare!


Na segunda serei um estudante de italiano novamente, achei uma brecha aqui e, se der certo, estudo até de graça.... Não tem o ensino incomparável de Whana ou a companhia indescritível de Maitê, mas é o que se pode arranjar na terra das batatas... Como consegui? falando, o segredo aqui é não perguntar se pode, mas dizer assim: oi, vim me escrever na classe, onde eu assino? Perguntou, é não... afirmou, pode entrar meu caro senhor, quer massagem no pé?

Novos alunos de PhD conheci. Os melhores são os dois Nigerianos... puta queu pariu cultura da kenga para fazer você se sentir da família. Você se apresenta, fala oi, diz teu nome e no momento que você aperta a mão já se tem intimidade para perguntar como vai a vidinha da mãe e do pai, e se a vai bem, se o júnior perdeu os dentes ou se a reforma da casa foi feita como combinado.... eta povo mais aconhegante que brasileiro ! E o que todos me perguntam? Joga futebol? Jogo sim senhor! É claro! No Brasil, todo muleque jogou futebol em alguma fase da vida. Se jogo bem, bom... ai já não sei, mas melhor que qualquer nigeriano... pronto, é o suficiente para te convidarem para jogar um dia desses uma pelada.

Seguem algumas fotos da universidade. O prédio com a torre é o principal daqui do campus, se chama Parkinson Building. O prédio não treme como a doença não, é seguro, pode entrar tranquilo. Tem também uma igreja que não é igreja (é uma centro de ajuda religiosa, mas que você passa por perto e eles vem te falar de religião). Há ainda uma da entrada do prédio onde é o departamento de comunicação. Neste departamento estamos cercado por engenheiros, uns 5 mil deles, para ser exato. O que fazemos ali? Oxalá meu pai, tenha dó de me perguntar....

Tenho um jobinho para fazer pocket money (dinheiro de bolso). Honestamente, para mim, vai ser dinheiro para comprar panela que não gruda comida ou cadeira que tenha braço para evitar dor nas costas. Fico atrás de um balcão por quatro horas por semana, no departamento de comunicação, entregando e recebendo equipamento de vídeo e foto... Lá tem computador e tudo mais, e posso estudar quando estiver tranquilo. Não se chama trabalho, se chama auxílio tal e qual e é um convite feito pelo departamento aos alunos de PhD que querem ajudar.

Viva Cuba! Viva Costa Rica! Vejam o filme Old Boy, e principalmente, a todo povo brasileiro, aquele abraço... a todo mês de fevereiro, aquele abraço, e, é claro, o Rio de Janeiro continua lindo.. Ah... e a todos os alunos que ainda me pedem ajuda por Orkut e email, meu muito obrigado e, é claro, aquele abraço. Orbaf.

Nenhum comentário: