30 de set de 2007

Happy Birthday

Ontem acordei, cozinhei algo colorido, tomei um banho com shampoo, sentei na cadeira de uma forma diferente e mudei de opinião... estudar inglês, rambora. Fui-me na tarefa.

Pois bem, estudei durante o dia, o amigo italiano apareceu aqui para acabarmos de ver um filme no cine-laptop e depois os amigos espanhóis nos convidaram para ir a duas festas de aniversário. Quer saber? Fui-me para me animar. Fui e foi animado!

A primeira era uma coisa família. Chegamos tinha pai, mãe, irmã, aniversariante e nós... entenderam? Família! Eram de Walles, sotaque estranho, mas um condensado humor monty phyton. Depois chegou mais gente e como a aniversariante era doutoranda do departamento de português (estuda Fernando Pessoa) logo mais vieram conhecidos meus, de outro aniversário... Estou falando! Aniversário aqui é algo corriqueiro, é o equivalente ao nosso "passa lá em casa", é a desculpa para convidar estranhos para entrar no ninho.

Além do humor cáustico e non-sense encontrado na festa, os quitutes são algo a parte. Eles tem uma mega indústria de quitutes, então tudo que se prova nas festas dificilmente foi feito na casa, mas você também não viu sendo feito em nenhum outro lugar. Molhos mil para molhar o biscoito (Não resisti a piada...), bolinhas diversas com formato de ovo de dinossauro, paezinhos de figuras variadas. Traga bebida (ai é cerveja ou vinho...) Fun!

Se a primeira festa foi divertida por se poder ouvir as pessoas, a segunda era uma muvuca. Num quarto/cozinha de uns 40 metros quadrados, 60 pessoas. Calculem e vejam a relação pessoa/mundo. Espanhóis, poloneses, italianos e portugueses. Primeira coisa que se deve fazer numa festa dessas é responder para quem passa daonde você conhece o aniversariante... quer saber, usei a teoria dos 4 pontos. Aquela que diz que qualquer pessoa está a quatro pessoas de outra qualquer. Facilitou, porque de fato eu fui acompanhando uma amiga espanhola que conhecia a irmã da aniversariante.... entenderam? Mas a pergunta aqui de ondes éres é parte da festa, porque se conhece todo mundo rapidamente. Dica: melhor lugar para ampliar sua rede de contatos, fila de banheiro, ou bicha (se for portugues), cola (italiano ou espanhol) ou sdsdsdskjdnjs (em polonês não lembro como é). A música lá na fila é mais baixa e se tem tempo de falar com pessoas, pois todo mundo está esperando o milagre da sua vez chegar.

Coisas importantes: em portugal eles tem corcovado, porto alegre e santarem, e uma estátua em ode a Cabral foi erguida há 10 anos atrás... presente do Cônsul Brasileiro!!! Então, meus camaradas, vocês pagaram junto comigo por essa benfeitoria e nem sabíamos! Como eu e laurinha devemos visitar Porto em Dezembro, foi a oportunidade também para perguntar como ir barato para o país. E a semelhança de palavras entre as duas "línguas" é fantástica!

Enfim, a festa teve salsa, parabéns para você em três línguas, muita gente e pouquíssima comida. Então, todos antes de ir a um aniversário, jantem bem, em especial se você for peludo e acostumado as latinhas de 300 ml do Brasil. Se não fizer isso, a bebida sobe rápido! Eu comi pasta com choriso espanhol, delícia!

E é isso... não teve bundalelê, como queria o Latino, mas foi uma grande festa num ap! Pode aparecer! Orbaf,

29 de set de 2007

Strike one


Breve e passageiro, devo dizer que meu ego foi dilacerado momentaneamente por uma fina parede invisível. Falo inglês perfeitamente, fui mega bem no Ielts, já to lendo barbaridades, cheio de idéias, argumentos e tal e qual, mas minha primeira experiência de escrever academicamente em inglês resultou num texto de jegue, numa porcaria única, num grande cocô. Enfim, uma merdinha cheirosa e molhada. Nada que alguns dias de terapia egoniana não cure, e que uma volta aos livros de gramática não curem e remediem. Mas porra, a sensação de ser retardado, quando estava querendo correr a 250km por hora, deixou minha motivação tunstuniada... tum tum geral. Como diria Chico, vai passar....

As fotos que veem são da pizzada que fizemos em minha cozinha. Pizza italiana! É tudo diferente, explico. Primeiro, mussarela para eles é mussarela de búfala... eles não usam a nossa não, dizem que não tem gosto. E a base da pizza não é queijo, mas molho de tomate (metade polpa pronta, metade tomate italiano despelado). E a pizza não é redonda, é quadrada (a redonda da foto fui eu que fiz, mas vejam mais coisas da pizzaiada no álbum virtual)... tudo diferente, mas o gosto... delicioso! E dá para congelar a massa, tá no freezer, vai rodar amanha ou depois numa nova rodada.

Nas fotos vocês podem prestigiar também um choriso espanhol vindo de Salamanca, e o abridor de latas que ganhei de presente da mãe do Javi... finalmente um abridor decente! Odeio os daqui! E ele é como o nosso, brasileiro, mas vem com um sistema de fechadura do dentinho afinado, genial para não arranhar móveis.

Na universidade, no departamento, vou dar uma ajuda para entregar equipamento para os alunos. 4 horas de bico por semana, dinheiro de bolso, mas minha gente, o equipamento que eles podem emprestar, é de babar. Para quem entende do negócio (no bom sentido), vou apenas acrescentar que tem até trilho de travelling para aluno levar para casa... de resto, entendam as entrelinhas. Ô se eu acho um desses quando fazia federal...

E viva jorge bem! E laura continua linda, e Lucas tá de bera no rio com uma loira e uma morena! E com supermercado perto para estocar camisinha! Então, se verem a laura, arranca pedaço e me manda pelo correio!!!! Quem fica parado é poste, e eu já bati num desses escrevendo torpedo pelas ruas. Para minha forte, era de plástico. Mas para quem viu a cena na rua foi diversão garantida.

Strike one... em breve, home run! Fabro

27 de set de 2007

Tchuga!

Este é um post diferente... ao invés de escrever nele, vou publicar uma carta eletrônica que minha mamá me enviou. É linda

----

Oi, filho!

Termino a leitura do seu blog sempre com um sorriso no rosto. Deve ser porque essa é a imagem que você me passa e eu fico muito satisfeita de apreciar sua jornada pela Inglaterra. Como se diz: está tirando de letra!

Seu pai me dizia, quando ela viajava por aí, que o mundo é todo igual. Eu também acho. Não fossem as diferentes línguas, se todos falassem esperanto, como acreditava seu avô João, eu também ia girar mundo e registrar o que se faz por aí que é tão diferente daqui. Um dia vou vencer a barreira do inglês...

Hoje eu me sinto muito à vontade para mudar o rumo da minha vida. Eu abri o caderninho dos 50 anos da tartaruga, que você me deu, e posso dizer que chegou a hora de ter tempo para fazer tudo aquilo que você me desejou. Eu vou fazer isso, sem medo e com determinação e curtição. Estou na fase do ADEUS, catão-ponto! Uma colega tem uma teoria de que todo homem se parece com um animal. Ela se vê como um perdigueiro. Ficou me apontando pessoas x bichos que comprovam sua teoria. Não é que ela tem razão?! Eu sou uma tartaruga e você é um sapo! Eu demoro para decidir, mas, quando decido, é aquilo e nada mais! Só não vale dar uma rasteira e me deixar com o casco para baixo e as perninhas abanando... e o sapo, pula, pula de lagoa a lagoa, e se diverte com tanta diversidade! ...mas é tão simpatico e parece um sábio...

Um beijo grande, mama Tchuga

25 de set de 2007

Regina dos Santos

Quando falo Espanhol com meu amigo Espanhol, ele me dá elogios e tal, mas diz que eu tenho um sotaque "Regina dos Santos". Regina pra cá, Regina pra lá, e quem diabos é Regina dos Santos... pois bem, acessem http://www.reginadosantos.net/regina/reginaweb2.htm e divirtam-se. A seção de fotos é o máximo. E acreditem, ele é famosa por lá. Uma fama a La Gretchen, mas famosa. Vive de ser "atriz" e "cantora". Ou a tríade: atriz, modelo e manicure (digo, manequim... maldade). Esse é meu país lá fora... essa é a identidade do meu sotaque. SOCORRO!!!!!!

Acabou-se o italiano, por agora. Regras mudaram e agora tem toda uma burocracia para fazer o curso. Não vou nem tentar passar por ela, vou procurar algum caminho alternativo. Como disse, se perguntar se pode, a resposta aqui é não.

Dia de sol e chinelos... ô delícia... dia também da convenção do partido trabalhista, e portanto, jornais e jornais na mesa...

Links interessantes: minha casa na itália http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://www.itinerary.it/immagini/fabro-1.jpg&imgrefurl=http://www.itinerary.it/umbria/territorio-fabro.php&h=338&w=450&sz=31&hl=pt-BR&start=1&um=1&tbnid=n5zBx64j3OQvnM:&tbnh=95&tbnw=127&prev=/images%3Fq%3Dfabro%26svnum%3D10%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4GGIC_pt-BRBR233BR233

Minha lojinha de bebidas: http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://www.itapemavirtual.com.br/clube/images/stories/publicidade/fabro.jpg&imgrefurl=http://www.itapemavirtual.com.br/clube/index.php%3Foption%3Dcontent%26task%3Dview%26id%3D60%26Itemid%3D89&h=101&w=200&sz=54&hl=pt-BR&start=48&um=1&tbnid=-vWyR66vynAvbM:&tbnh=53&tbnw=104&prev=/images%3Fq%3Dfabro%26start%3D40%26ndsp%3D20%26svnum%3D10%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4GGIC_pt-BRBR233BR233%26sa%3DN

Logo da minha empresa de encomendas: http://www.softsolutions.com.pk/images/Logos/fabro.jpg

Minha gravadora: http://www.fabro.de/

E os resto façam como eu, procurem no Google Images...

Orbad.

Hermione

Começaram as aulas na universidade, sinto-me Hermione, a chuchuca da turma Harry Potter... Gostaria de ter um relógio do tempo como ela, contudo. Na segunda em especial é uma loucura: 4 aulas... começa às 10 e acaba às 4 (não é nada aterrorizante, contudo). As salas de aulas são em formato de arena, com todos os equipamentos necessários, e as filas nos corredores enormes. Não porque tenha tanta e tanta gente assim (tem umas pencas) mas porque as patricinhas sentam nas escadas com as pernoca para conversar... nessas horas, não se usa o sorry, no máximo um OUPS, sorry pelo chutinho.

O espanhol (em vermelho, com a caneca Starbucks) está voltando sexta para Espanha. Amanhã faremos uma pizzada para ele aqui na minha cozinha. O italiano dará a receita da massa (em verde) e nós prepararemos a gororóba. Imagens no blog após materialização do evento.

Se alguém conhecer alguém de paris, que possa alugar um quarto para o ano novo, please tell me... os franceses não respondem emails enviados em ingles... malditos colonizadores.
E na foto do prédio, ali está onde moro... última janela do lado direito, último andar, pois bem, é nas costas dali, pois minha vista é dos fundos...

22 de set de 2007

Preconceito ou realidade?

Pessoas brasileiras queridas. Todo mundo que tem ouvidos (em funcionamento) já escutou falar mal do Paulo Colho. Convenhamos, ele é motivo de chacota no Brasil há anos... só um primo meu nunca ouviu isso... mas na Espanha, e na Inglaterra, o que dá de gente lendo no ônibus, na praça, e provavelmente no banheiro os livros dele, não dá para contar nos dedos... e tem a notícia abaixo... Seria ele um caso de Elis REgina de volta ao RS?


São Paulo, sábado, 22 de setembro de 2007
-->Texto Anterior Próximo Texto Índice MENSAGEIRO DA PAZONU nomeia Paulo Coelho por seu "ativismo político"
DA EFE
O escritor brasileiro Paulo Coelho foi nomeado ontem, junto com mais três personalidades internacionais, Mensageiro da Paz da ONU. A nomeação foi feita pelo secretário-geral da entidade, Ban Ki-moon, em cerimônia na sede da ONU em Nova York.Os outros três novos mensageiros são o maestro israelo-argentino Daniel Barenboim, a violinista nipo-americana Midori Goto e a princesa Haya, da Jordânia -a única que foi à cerimônia.Em nota, Ban afirmou que o autor de "O Alquimista" foi laureado por ter sido "desde jovem um ativista político em prol das classes mais pobres de seu país" e por promover "o diálogo entre as culturas".

Veja a Mangueira entrar!

Olha o que eu vou ver daqui a duas semanas... toda primeira terça do mês tem a noite do carnaval, num pub aqui.... será que vai ter brasileiro lá? veja o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=-d3xfv2T4oQ . Embora a Mangueira que se veja no Brasil não se veja aqui, dá para ficar com a mangueira surda (entenderam o trocadilho???). Vou encontrar uma cartola para ir a fantasia.... E lau, traz o pandeiro que ticutuconuncutuca vai comer solto.

Estudiare!


Na segunda serei um estudante de italiano novamente, achei uma brecha aqui e, se der certo, estudo até de graça.... Não tem o ensino incomparável de Whana ou a companhia indescritível de Maitê, mas é o que se pode arranjar na terra das batatas... Como consegui? falando, o segredo aqui é não perguntar se pode, mas dizer assim: oi, vim me escrever na classe, onde eu assino? Perguntou, é não... afirmou, pode entrar meu caro senhor, quer massagem no pé?

Novos alunos de PhD conheci. Os melhores são os dois Nigerianos... puta queu pariu cultura da kenga para fazer você se sentir da família. Você se apresenta, fala oi, diz teu nome e no momento que você aperta a mão já se tem intimidade para perguntar como vai a vidinha da mãe e do pai, e se a vai bem, se o júnior perdeu os dentes ou se a reforma da casa foi feita como combinado.... eta povo mais aconhegante que brasileiro ! E o que todos me perguntam? Joga futebol? Jogo sim senhor! É claro! No Brasil, todo muleque jogou futebol em alguma fase da vida. Se jogo bem, bom... ai já não sei, mas melhor que qualquer nigeriano... pronto, é o suficiente para te convidarem para jogar um dia desses uma pelada.

Seguem algumas fotos da universidade. O prédio com a torre é o principal daqui do campus, se chama Parkinson Building. O prédio não treme como a doença não, é seguro, pode entrar tranquilo. Tem também uma igreja que não é igreja (é uma centro de ajuda religiosa, mas que você passa por perto e eles vem te falar de religião). Há ainda uma da entrada do prédio onde é o departamento de comunicação. Neste departamento estamos cercado por engenheiros, uns 5 mil deles, para ser exato. O que fazemos ali? Oxalá meu pai, tenha dó de me perguntar....

Tenho um jobinho para fazer pocket money (dinheiro de bolso). Honestamente, para mim, vai ser dinheiro para comprar panela que não gruda comida ou cadeira que tenha braço para evitar dor nas costas. Fico atrás de um balcão por quatro horas por semana, no departamento de comunicação, entregando e recebendo equipamento de vídeo e foto... Lá tem computador e tudo mais, e posso estudar quando estiver tranquilo. Não se chama trabalho, se chama auxílio tal e qual e é um convite feito pelo departamento aos alunos de PhD que querem ajudar.

Viva Cuba! Viva Costa Rica! Vejam o filme Old Boy, e principalmente, a todo povo brasileiro, aquele abraço... a todo mês de fevereiro, aquele abraço, e, é claro, o Rio de Janeiro continua lindo.. Ah... e a todos os alunos que ainda me pedem ajuda por Orkut e email, meu muito obrigado e, é claro, aquele abraço. Orbaf.

20 de set de 2007

Camburiú

Ontem estive em Camburiu, ou Piçarras, ou qualquer outra dessas cidades praianas que só ficam cheias no verão. Explico. Fui no Oceana, um club daqui que segundo os flyers que coletei deverei ser muuuuuucho lôko! Que nada. Mil e um lugares, nenhum com identidade fixa. Uma casa club para duas mil e quinhentas pessoas (segundo o folder...) É grande, sem dúvida. Mas é sem identidade. Por isso as casas de show de praia brasileira de veraneio. São espaços catchall, agrada a todos. A música que toca: pop. A decoração, kitch. As pessoas, entrantes, sem frequentadores fixo. Sabe aquela coisa indústria cultural.... pois bem, para os novos alunos de 18 anos que estão aprendendo a cozinhar e a descobrir que cueca suja tem que lavar, fine. Para mim, goodinho.

Uma hora na segunda pista tocou Right Here, Right Now, fatboyslim (garoto magro gordo), lembrei de Guilherme e de ano novo... esquentou um pouco, mas uma superlotação na pista de caras de dois metros de altura bêbados, e eu aqui, com minha estatura poltrona Gol, não pude fazer muito senão dançar na defensiva... dirige-se na defensiva, dança-se na defensiva... E ainda barraram o Espanhol, que chegara depois, porque ele não tinha "comprovação de ser estudante". Ninguém me pediu isso porra! Mas na hora do rush, os seguranças tem que fazer um charminho para parecer que o place é cool...

Venha provar meu brunch, saiba que eu tenho aprouch, na hora do rush, eu ando de ferry boat. E já é! Identidade para entrar pq se lá dentro não tinha identidade nenhuma? E o cara mais underground que eu conheço é o Diabo. O melhor da noite foi a ligação da Lau no meu celular... que atende com um delicio-so e sexy Oi. RIGHT HERE, RIGHT NOW. ... oooooo delícia que é a tecnologia.

ps: duas coisas que eu ainda quero fazer. Primeiro, ir num club legal com Laura e minha caloura... Segundo, ir na festa de fones (não toca música alta, apenas no seu foninho... todos de foninho... non sense, I like it!)

19 de set de 2007

DAKO é bom

Eles tocam funk aqui, como se fosse algo cool. Sorte que não entendem a letra, senão a Rainha ia ficar de calcinha arriada. Ontem tocou uma que dizia assim: "eu queria ter religião, mas desde que dei o , desisti de ser cristão".... é... eles não sabem o que escutam. Quando escutar o clássico DAKO é bom aviso, e espero que toquem o FISH BALL CAT (leiam em voz alta para quem não conhecer o hit).

Desculpem pela falta de fotos. mas ontem sai com a câmera, grande dia, sol e tal, e acabou a bateria... tenho umas da festinha in de hoje, depois coloco as fotos. Ontem tinha tank na rua com bad boy em cima distribuindo flyers e meninas de saia-cinto em pernas de pau dando tchau. Os novos meninos e meninas parecem presas a serem agarrados por ferozes party-tonight and drink-free flyers... hoje vou num club point daqui, oceana. A música deve ser boa, vou com pessoas do flat, os espanhóis e pessoas da universidade.

Conheci mais professores, e mais alunos de PhD hoje. Conheci também dois livros que me deixaram encantado. Enfim, novas coisas. Eu sei, coisa de nerd, mas conhecendo coisas novas. Até o momento no curso de 3 alemãs, 2 chinesas, 1 indiana, 1 grego e 1 búlgara... os meninos estão viajando. Tem o yurri, russo, e outros a chegar. Os professores são insóbrios o suficiente, e muito atenciosos. Na próxima bat-ocasião falo mais deles, pois é só o que sei no momento...

Vivi dirige o Fusca para cima e para baixo. E encontra com o Lucas na Linha Amarela... saudades do rio. Pausa, play, let's go. Orbaf.

17 de set de 2007

Ypisilon

Fui num bar de macho a pouco... muitas tvs com muito futebol e esporte, mesas de sinuca, atendentes com minisaias, camisas de jogadores assinadas pela parede, muita cerveja, aquele brinquedo de dar soco de shopping, e um carro de fórmula 1 (real, em tamanho natural) na parede). Isso é que é ser macho... porra, vontade de coçar o saco, guspir no assoalho e dizer: caralho, algo algo...

Meu lado meninha não gostou muito. Pode ser porque a sinuca custava um pound a ficha, e todos jogavam bem... pode ser porque todos estavam mais preocupados com o futebol que com o lugar, ou pela falta de música (que não combina com os comentários esportivos dos galvões buenos daqui). Enfim, foi uma boa experiência antropológica, mas vou voltar para meus pubs de indie rock com machos a The Cure e Rolling Stone. Orbaf.

Vovô

Os alunos novos chegam a todos momento, e todos tem 18, 19 anos... olha, juro que me senti meio velhinho... porra... meus alunos por vezes tinham essa idade, mas sempre tinha uma galera dos vintes... aqui sou minoria. Dos meus amigos, ou sou o mais novo ou regulo de idade... aqui a pessoa mais velha na minha residência nasceu em 77... é, estaria eu envelhecendo? humor é psicológico... mas se um dia eu conhecer alguém que nasceu depois de 2000, e essa pessoa fizer a mesma coisa que eu, caramba! ai eu envelheci, mesmo.

Reunião com meu orientador, muito inspirador. Novo bico de ajudante de internet, simples e indolor. Os lugares de night e pubs em Leeds não param de aparecer, e flyers para onde se pode olhar. Parece que as pessoas nas ruas são cobaias de tanta publicidade que está rolando nas ruas. E depois acusam a china de superpopulação.

Conheci as pessoas do flat... um deles é um inglês gordinho que parece o primo chato que aparece em todo filme do harry potter (18 anos, iniciando engenharia de elementos). um deles é o controlador de zona (sub-warden) do prédio, um inglês com cara de chinês que tem aquela cara de quem gosta de estar no poder (23 anos, 3 anos do primeiro ano de economia). Um é um inglês alto pra chuchu (18 anos, engenharia), um outro também é inglês mas não tão alto (19 anos, engenharia de aeronáutica) e outro é alemão em intercâmbio... (ufa, 23 anos, parece jogador do street fighter).

E é isso. Fabro

16 de set de 2007

Etiqueta UK

Ontem fui numa festa de aniversário inglesa. A aniversariante era casada com um brasileiro, então tinha bastante portguês por todo lado (português de portugal e brasileiro...). Etiqueta básica, vamos lá. Quanto o convite falar "bring a bottle" (traga uma garrafa) isso quer dizer compre vinho... levei cerveja. No Brasil não temos o costume, mas aqui, leva-se aqueles cartões a La Garfield, com deidcatória. Muita gente tomou cerveja, e fui o único fornecedor. Pelo menos isso... e outra coisa: a pontualidade britânica para festas não é 100%. Uns 30 minutos de atraso vai bem, se não quiser ficar conversando com a mãe da aniversariante (uma irlandesa muito bacana, pelo visto. Aliás, elas são parecidas com as bahianas... não tem papas na língua!)

Fui também novamente no bar cubano. Regaton é forte lá também. Para quem não conhece isso ainda, pq no Brasil de fato tem pouco, é uma mistura de hip hop latino com salsa. A música é bem ruim, mas dá para dançar bacana... digamos que é um a la funk deles. Aprendi mais uns passinhos de salsa, e porra, tinha um negão lá que parecia dançar mais ou menos, mas quando pegava um chica nos braços, fazia sex on the track. Eu lá, só copiando os passinhos... afinal, next sex on the track, call me.

Hoje tem churrasco aqui. Churrasco quer dizer hamburquer na grelha com pão. ECA. enfim... muitas pessoas novas chegando. Estou deslocado: devo ser o único posgraduação aqui. O resto é tudo inicante de primeiro ano de faculdade. Pais chegando com os filhos e as mães me olhando com cara de "você vai vender droga para o meu filho, vai não"? Opa coisa estranha.

Tocou música brasileira no salsa ontem. O DJ era Fabio Bahia, precisa explicar por que? Tocou glamurosa, separa que é briga, samba da Estácio e forró. Deu para descer até o chao chao chao chao chao chao chao.

E eu aqui tenho funk no HD. Ainda bem que eles não entendem a letra... sujo como funk, nem hip hop americano.

Fui! fabro

15 de set de 2007

Boqueria...

ps: essa mensagem ficou como rascunho, e não saiu no blog... tem cheirinho de requentada, mas considerem que faz parte da edição de domingo do jornal... ou vocês acham que eles ficam na madrugada de sábado virando a noite para você ter o que ler no café da manhã quando acorda de preguiça...

---- começou, silêncio na poltrona!

Uma coisa que chama atenção no mercado municipal daqui, e deixa eu contar antes que eu esqueça... O que era mesmo? Lembrei. Aqui mulheres cortam carne, fritam, servem, cozinham... e os homem, estão fora do atendimento. Na Boqueria, o mercadão popular daqui (que tem um monte de turista, mas só porque está no meio da rota quente da cidade) é um choque ver mulheres, maquiadas, unha feita, sorrindo e SNAP, corta uma costela ao meio com um facão. Te atendem, dizem gracias e KATACHUP, levantam um sacão de frutas... Percebam que há homens nas fotos... mas se olhar com retícula de brasileiro, estão em posição trocada... Dizem que a Espanha é um país machista. Acredito. Mas no mercado, elas parecem Amazonas. Fabro


Pausa!

Licença para pegar nos bets. Desconta carne, desconta atrás... saindo da defesa e indo para o ataque...

Essa é a vista do meu novo quarto. A vodka é serviço da casa, mas pela janela vejo unicórnios, pôneis, gansos, duendes e ovelhas. Não, não estou na fazenda da Vovó Mafalda, estou a 5 metros da rua onde passam BMWs e bicicletas 21`marchas... e onde se vende o Petróleo que o Bush extrai das contas públicas do Brasil. Isso é globalização. Existe uma ilha de anti-êxodo rural em Leeds, estou na bordinha nela. Tenho pôr do sol na porta, on demand.

Sempre sentimos falta de algo. Como sou esquecido, esqueço do que tenho falta. Se tem sede de quê? Tenho as fotos... na parede,e na delícia. Melhor que isso, só a sensação de acordar de coma profundo. Hoje tem aniversário de brasileiros, vamos ver se conheço algum de fato nascido ai (**rra, tem que ter algum por aqui!). Vou também ser voluntário para organizar um evento para as famílias que estão chegando. Estou na operação vacina: tem vacina, eu tomo. Tem ônibus, eu pego, tem cavalo, me vê com os dentes. É plantando que se aduba a vida... ou algo assim. É de graça, to dentro (ou to fora?).

Pausa para sentir saudades... ok... Pressionando play para continuar... [orbaf.]

13 de set de 2007

Fé demais não cheira bem

Back to Leeds! Nova residência, sinto falta dos antigos amigos. Sabe quando sem querer acontece de ficar num lugar só com gente boa. Pois é, medo de ter uma festa estranha com gente esquisita... Conheci um flatmate até agora, baca(ninha...). Olha, tava com saudades de casa... só de colocar minhas coisas, sentir meu cheiro, ver fotos... opa, vivo denovo.



Tem RU (restaurante universitário, explico para quem não é do negócio...) agora. Quatro pounds, come-se bem. Quer dizer, eu como bem, pois o restante vai na pizza e nas frituras. Meu Deus! É complicado comer aqui... sinto falta da Espanha.


Por falar nela, vamos aos podres. Sim, pois estava elogiando, mas vamos a umas fofocas. Os apartamentos novos que visitei são lindos, mas as paredes são finas... não tem tijolo lá, é tudo de dry-wall (papelão com gesso) .Peidou aqui, escutou lá... Morar num lugar lindo, num chão bacana, móveis transados, e escutar o vizinho cagando, não tem graça.



Sobre as espanholas: elas são bonitas, achava. Sabe o ditado quem vê cara não vê coração? Pois bem, invertam e conectem ao contexto. Esses dias só que resolvi dar uma espiada nas caras... A última moda é cortar o cabelo com franja cerrada, e curto. Se fossem suecas, vá lá, o cabelo escorria pelo pescoço e bochechas com refino. Mas são a maioria crespas... É desastrosa a combinação.... Sinceramente, me lembra a seleção da Argentina... Maradona, Teves e todos aqueles que usam cabelos compridos quando jogam futebol, então, nada feminino, concordam?


E os traços do rosto, também não ajudam... a comissão de frente, foi abençoada pelas caravelas que descobriram o mundo mas o conjunto... Olha, as brasileiras ainda são preferidas. De top less então, esqueçam qualquer outra coisa...


A comida é deliciosa.. mas a base é gordura. Tudo é frito (num azeite delicioso, é verdade) ou leva baicon (de um porco delicioso, é verdade). Mas em termos de saúde, é complicado. Até a salada leva vinagre (delicioso, é verdade) ou batatas (que com uma gordurinha, chama a nossa barriga para o avanço).



Agora, uma coisa tenho que confessar. Os meninos de Barcelona se vestem bem pra ########. As meninas são uma moda meio patricinha, ou meio amo-muito-tudo-isso-tudo-junto. Mas as bermudas, calças, sandálias, acessórios e tudo mais que os meninos usam na rua... é duka... dá inveja. Eta gente para fazer e combinar coisa bonita !

Ah! Novo slogan (de verdade, deu no jornal) do futuro (se conseguir maioria) primeiro ministro... Algo como "Não é Flash, é Gordon". Do desenho, e depois filme, lembram... pois é.

Dizem que se é estudante quando se é professor.... e vice-versa orbaf

11 de set de 2007

Procura-se

Se alguém ver essa fotógrafa por ai, manda ela me escrever...
Posted by Picasa

10km/h

Hoje volto no tempo. Esta é Laura em Aracajú... Em breve, fotos da Laura na Espanha. Em breve, na Espanha, na Finlandia, na Noruega, em Marrocos, no Egito, na Inglaterra, na França, na Holanda, Na Ástria, em Mônaco, em Portugal, na Alemanhã, na Dinamarca, na Suécia, na Suiça, na China, no Japão, na Indonésia, na Austrália, na Jamaica, no Caribe, na Rússia, na Polônia, na Eslovênia, na Bulgária, Na Irlanda, e onde mais um avião, barco, trem ou busão chegar....

Como diria o velho chinês, de/vagar se vai ao longe.


Posted by Picasa

9 de set de 2007

Home in box

Lembrei hoje que minha casa é uma caixa. Uma caixa que está no Brasil, com as coisas do Rio, e uma caixa em Leeds, com as coisas da Inglaterra. Sou um homeless no momento. Saco. É bom estar na Espanha, mas preferia ter meu lar (e além disso, estar na Espanha).

Segunda e terça devo montar meu escritório na praia novamente. Devo acabar algumas leituras e fazer a estrutura de conteúdo. Tenho reunião na segunda, meu orientador voltou a ativa. Conheci mais praias hoje, com Jane, tem mais fotos, é tudo lindo.... No álbum virtual tem as fotos menininhas... aqui coloquei uma vaca para GG (ou pra lau e a vivi fazer dormir), uma placa de "merda na pista", um gatinho e uma foto 'momento decisivo' a la Bresson (tá bom, acredito).

A comida aqui é muito gostosa, muito mesmo. Mas não sei mais distinguir um Espanhol de um turista. Creio que na minha cabeça são todos não brasileiros. Queria contudo fazer uma reflexão: dos países que fazem parte do G-8, mais da metade adotam a prática do top less.... claramente essa prática é fortificadora da economia e deve ser adotada no mundo todo... Então: contra a pobreza do mundo, top less na cabeça (ou no peito, para ser literal). E já que o Brasil está no novo bloco anti-globalização, formado junto com Índia e África do Sul, gente, está mais do que claro que o top less vai ser uma coisa de louco (para economia, é claro).

Vive le merd! Orbaf.

Pupurri!

Na foto: amigos rio e laura curtindo a vida adoidado. Mesa de pingue-pongue pública para o Gui ficar com inveja. foto de cara bonitinho, para não ficar parecendo que só tiro foto de mulher. O novo fusca da Companhia...!!!


HOT!

Não sei como descrever a Catalunya.... ainda. É quente, em todos os sentidos. As ruas, os postes, os clubes, as festas, tudo é quente. É uma mistura de Europa com Costa Rica, de Brasil com Portugal, de futebol com boxe, de Limosine com motoca... um pouco de cada, e muita coisa junta.

Abro aqui o movimento que quero encampar no Brasil. Diga não ao implante de silicone, diga sim ao implante de Top Less! Olha, tem de todas as formas e cores, e elas numa boa... Duvido que algum ginecologista tenha tido uma escola tão boa quanto as praias daqui. Anos de profissão não recriam o que a globalização fez surgir.

A água aqui é incolor. Não há cor que a defina... Angra, sinto muito, você foi batida. E parece que tem coisa melhor ainda que isso... é, Mediterrâneo, você parece ser imbatível. Grécia, Itália, Marrocos, em breve, ai vou eu. E ai vai lau, e lá se foi o biquine! Eu vou é me banhar pelado (e depois botar sunga, pq tudo nu, cade o espaço pra imaginação!)!

Tem festa de independência na Catalunya... todo dia, algo novo. Duas noites atrás teve em Calella uma mostra de dança, uma de cada país. O Brasil foi representado... que vexame. Era uma companhia do Amazonas que mostrava a história da Vitória Régia. Pena que estava sem a máquina para mostrar a peituda desnuda que fazia o papel da planta... basicamente eram 6 mulheres, a la brasileira, sem roupa, e seis caras, bombados, com tapa sexo...e isso virou Brasil... puta madre!

Nas fotos há também mostras da Boqueteria, o mercado municipal de Barcelona, e outras coisas que vou atualizando aos poucos... O álbum tem coisa nova, de qualquer forma.

Aiaiaiaiaiai caramba! fabro


5 de set de 2007

Calella

Olha, a cidade onde a Aurora nasceu é linda... eta praia bonita. Bastante turista, mas a água... meu Deus. Andei muito hoje. A areia é fofa, BEM fofa e caminhei por umas 3 horas nela. Depois eu e Aurora ainda subimos montanha e tudo mais... Eta vida besta. Amanha emprestarei a bicicleta dela para ir numa praia ainda mais bonita.

Praia e sol, este foi meu dia. Comi coelho também (no bom sentido) e não senti dor nas costas. A Primavera, irmã de Aurora, cozinhou. E toda a família dela estava lá. Muito gostoso comer comida de mãe depois de meses cozinhando sozinho...

SURTEI!!! Sabem quanto custa frexenet, aquele cava (champagne....) caro e delicioso, aqui? 4 euros.... uns 10 reais... surtei. não tomo mais água. daqui para frente, frexenet. to levando coleção deles para o Brasil.

No álbum, is algumas fotos... para aqueles que ainda ficaram em dúvida, as fotos de ontem foram tiradas COM permissão. Não roubo um garfo, não roubo uma foto. E é isso.... vou dormir porque amanha cedo tem mais.

Fabro


4 de set de 2007

Estudando, dura vida.

PS: Tem foto nova no álbum virtual... vejam o link de ontem. Ou vejam no lado direito, que adicionei um link... e upa, sem querer, tem um link com as fotos do casamento.. você estava lá?



Ai pertinho na foto vocês podem ver onde montei meu escritório hoje... é dura a vida de um doutorado. Li hoje crises of femocracy and public communication e politicial commmunication and the media... Li, tomei notas, e tirei fotos. O casal que vocês vêem é Mikael e sua namorada. São da Bulgária... as fotos não são roubadas não, eu pedi para fazer, viu... e eles toparam. Ficou no início uma coisa meio vouyer, mas depois tudo se acertou. Ela é fotografa também, ele está trabalhando na praia.... Ai está, um ensaio sobre o amor.

Meu Deus, tenho que perder um pouco de minha vergonha. Namora-se aqui na praia, no banco, na rua, em qualquer lugar, e beijos e abraços calientes... laura que se prepare, pois eu não vou fazer feio para nenhum espanhol não... E dizem que na França é mais ainda, e os franceses são bem o tipinho da Laura... então, upgrade here I go ! Aqui me voy!

Estudei 10 horas no sol, passei protetor 30, mas to nego. Eta vida besta. Mais um dia desses eu preciso fazer, deve ser na sexta. To preocupado... será que eu vou gostar???? Eu sento na praia, e ao meu redor, todo mundo a vontade... aluém me acorda! Amanhã vou a Calella ver Aurora. Vou fazer uma coisa nova, mas é segredo. Depois mando as fotos.

A comida aqui é boa, e a bóia me lembra o que a Aurora fazia quando eu era pequeno.. sou carioca de nascença, catalão de coraçao... não gosto do Barcelona, mas tudo bem, pq não me encanto pelo flamengo. não tenho uma nega chamada Teresa, nem sou flalfa, nem sou meme... mas minha nega é linda, e sou um doutorando brasileiro na Inglaterra... eta coisa chique.

Espanhóis viajam poucos. Aqui quem mora não conhece madrid, e quem é de madrid não conhece barcelona. é longe, todos dizem... LONGE? É a distância rio-sp!!!! É... parâmetros. Aproveitem no álbum de fotos mais imagens do casal enamorado. Dedico esta série a laurinha.

E vamos adiante que a praia é amarela! E DIOS SALVE LA ARENA! Orbaf

3 de set de 2007

Fotos...

Pessoas, estas são fotos de manchester... agora tenho um album de fotos na internet. to testando ainda, mas tem mais fotos lá do que aqui no blog... vejam em http://picasaweb.google.com.br/ofabro/ (essa seção é especial para aqueles que perguntam... fotos legais, mas cade as fotos da cidade!!!)


Posted by Picasa

Mataró

Gente! Top less existe, e é LINDO! Queria continuar escrevendo, mas a emoção é tão grande que tenho medo de ficar gagagagagagagagagagagago. Primeira coisa que vou dar para laurinha quando ela chegar aqui, um biquine. Mas só a parte de baixo. E como estar no Rio, mas além de não ter barraquinhas, o top less é a coisa mais normal do mundo. Sabe a cara de pau das pessoas no rio usando asa delta e jurando que estão de biquine? Pois bem... aqui são elas com top less. De todas as idades, formas, cores e pesos... E que pesos!!!!

Jane me acompanhou, amanha vou estudar. Na praia. Eu sei que é difícil de entender como um doutorado pode estudar na praia. Mas passe um mês na Inglaterra, um dia em Mataró e verás que political communicaioin e democracy combinam com canga e mar.

Ah.... uma outra coisa aqui que é linda... a comida. Deliciosa! Eles comem aqui, sim, pq na inglaterra as pessoas lancham... e depois de lanchar, lancham novamente. Aqui tudo é delicioso, e lindo. As lojas tok stok da vida daqui também são belíssimas... que vontade de ter logo casa com lau de volta para decorar tudo de novo.