20 de out de 2008

Trocando as rolas por bolas

Nesse final de semana, completei minha peregrinacao por uma bicleta, e por fim, continuo sem rumo. Comprei uma bike no ebay que se mostrou ser uma completa fraude, um esquema para vender gato por lebre. Alguem quer um gato ai? Quase comprei um carro, o qual desisti pois sei que gatos me perseguem, e ganhei um bike 0800 (que contudo, nao funciona). Oras bolas! Oras bolas!

A situacao na universidade nao ajuda. Meu doutorado vai bem de vento em popa, mas a politicagem aqui ta comecando a torrar a paciencia. Por que as pessoas nao ficam discutindo como melhorar as coisas ao inves de ficar remoendo o que foi feito no passado? Era representante de turma, nao sou mais. Enchi-me o saco. Vao comer gato que eu estou levando minha lebre para passear na frigideira!

A noite se aproxima. cada vez menos luz... que saco!

fabro

3 de out de 2008

Meu sonho 'e ser Nobel...

Essa premiacao nao 'e minha cara? O motivo 'e ""honrar as experiências que primeiro fizeram as pessoas rir, e que depois as fizeram pensar","

Trabalho com tatus rende prêmio Ig Nobel a brasileiros
Publicidade

da Folha Online

Dois arqueólogos brasileiros ganharam nesta quinta-feira (2) uma das categorias do Prêmio Ig Nobel, o Nobel da pesquisa inútil. Astolfo Gomes de Mello Araújo e José Carlos Marcelino, pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) venceram o prêmio na arqueologia por mostrar que tatus podem modificar o conteúdo de uma escavação arqueológica.

O "prêmio" é concedido anualmente por um grupo de humoristas a pesquisas "que não poderiam ou não deveriam ter sido publicadas". A premiação, que não inclui dinheiro, é feita para "honrar as experiências que primeiro fizeram as pessoas rir, e que depois as fizeram pensar", segundo os organizadores.
Reprodução
Astolfo Araújo, um dos ganhadores do Ig Nobel, é formado pela USP
Astolfo Araújo, um dos ganhadores do Ig Nobel, é formado pela USP

Tatus irritados, afirmam os pesquisadores brasileiros, podem mover artefatos para cima, para baixo e até para o lado por vários metros em uma escavação arqueológica, enquanto cavam. Tatus são mamíferos extremamente hábeis na arte de escavar.

Araújo afirmou estar emocionado por vencer. "Não há Prêmio Nobel de arqueologia, então um Ig Nobel é uma coisa boa", afirmou ele, por e-mail.

Entre outras grandes descobertas premiadas pelo Ig Nobel, a americana Deborah Anderson e sua equipe de geneticistas conseguiram comprovar em testes de laboratório que a Coca-Cola é um efetivo espermicida. Ela levou o prêmio de Química do Ig Nobel.

Na mesma categoria, uma equipe de cientistas taiwaneses dividiu o prêmio por chegar ao resultado oposto: de que o refrigerante não funciona como contraceptivo. Segundo a americana, métodos diferentes utilizados nas pesquisas explicam a diferença.

Um porta-voz da Coca-Cola se negou a comentar a premiação.

Geoffrey Miller, Josha Tybur e Brent Jordan, da Universidade do Novo México, levaram o prêmio de Economia por estudar o impacto do ciclo de ovulação de uma stripper sobre as gorjetas que ela recebe.

Já na área de medicina o prêmio foi entregue a Dan Ariely, da Universidade Duke (Carolina do Norte), que confirmou as suspeitas de alguns psicanalistas de que um falso remédio caro é mais eficaz que um barato.

O Ig Nobel premia pesquisas inúteis há 18 anos na Universidade Harvard, em Boston (EUA).

A divertida festa terminou com as palavras do organizador, Marc Abrahams, que desejou melhor sorte para o ano que vem aos pesquisadores que saíram de mãos vazias e, em especial, aos que ganharam um dos prêmios deste ano. Os antinobel foram entregues por dois verdadeiros Prêmios Nobel, William Lipscomb (Química, 1976) e Frank Wilczec (Física, 2004).

Veja ganhadores do Ig Nobel 2008:

Arqueologia
Astolfo Gomes de Mello Araújo e José Carlos Marcelino por demonstrarem que tatus podem alterar resultados de escavações arqueológicas.

Biologia
Marie-Christine Cadiergues, Christel Joubert e Michel Franc por descobrirem que pulgas que vivem em cães podem pular mais altos que as que vivem em gatos.

Ciência cognitiva
Toshiyuki Nakagaki, Hiroyasu Yamada, Ryo Kobayashi, Atsushi Tero, Akio Ishiguro e Agota Toth por descobrir que bolor de lama pode resolver quebra-cabeças.

Economia
Geoffrey Miller, Joshua Tyber e Brent Jordan por descobrir que strippers ganham mais dinheiro quando estão no pico do período fértil.

Física
Dorian Raymer e Douglas Smith por provarem que grandes quantidades de cordas ou cabelos inevitavelmente se embaraçam.

Literatura
David Sims por seu estudo "Filho da mãe: Uma Exploração Narrativa da Experiência da Indignação com Corporações".

Medicina
Dan Ariely por demonstrar que remédios falsos mais caros têm mais efeitos que os remédios falsos baratos.

Nutrição
Massimiliano Zampini e Charles Spence por demonstrarem que a comida é mais gostosa quando tem nome mais bonito.

Paz
O Comitê Federal de Ética em Biologia Não-Humana da Suíça e cidadão do país por adotar princípios legais de que plantas têm dignidade.

Química
Deborah Anderson, Sheree Umpierre e Joseph Hill por descobrirem que a Coca-Cola é um efetivo espermicida, e C.Y. Hong, C.C. Shieh, P. Wu e B.N. Chiang por provarem que isso não é verdade.

Com Associated Press e France Presse

2 de out de 2008

TXT

Folha, hoje...

"Nos EUA, em junho, 75 bilhões de mensagens de texto foram enviadas, comparado com 7,2 bilhões em junho de 2005, segundo a CTIA (Associação de Empresas de Serviços Sem Fio, na sigla em inglês), principal grupo do setor. Segundo uma pesquisa realizada pela a associação, quatro entre dez adolescentes dizem ser capazes de enviar mensagens de olhos vendados. "

util nao? fabro

1 de out de 2008

Saco

Esse blogspot nao esta deixando eu colocar fotos aqui de uma maneira pratica e rapida! que saco. ia escrever aqui sobre o bush, mas perdi o tesao... fabro