17 de mar de 2008

Quem te ensinou a nadar

Maré mudou? Hoje a ponte engarrafou, e eu fiquei a pé? Tentei ligar pra você? O orelhão da minha rua estava escangalhado, meu cartão tava zerado, mas você crê se quiser.

Um dois três, quatro cinco mil. Pretinha, faço tudo pelo nosso amor, pelo bem de nosso bem. Enquanto a chance de empreo de luara cresce, mas não se resolve, a osrte, fezinha funcionou e ganhei 200 euros num sorteio. delicia...

Tempo mano velho, torço tanto pra você. Saudades ate´de madureira, feliz até com o sol frio daqui. to parecendo um linguado com dois olhos no mesmo lado, e uma espinha central móvel.

tudo junto, tudo junto. olha, minha vida tá uma fotocopiadora. E eu sou o homem que copiava. fabro

Um comentário:

Ju disse...

beijo xerox para vc, Fabrolino! nossa, tenho muuuuuuuuuuuuuita saudade, vc não faz idéia!
=)