1 de mai de 2008

Amor a French fries

Eu sempre pensei que a diferen'ca entre fries (UK) e french fries (resto do mundo que fala ingles) era porque FRENCH fries era sinonimo de franceses, e aqui, todos odeiam os franceses (pensem numa guerra de cem anos, e voces vao entender o porque da inimizade, pensem que a trafalgar square e a waterlooo bridge sao grandes partes de londres que se referem as derrotas de napoleao, e pensem que aqui o gesto manual de va-toma-no-iglu nao tem nada a ver com um dedo do meio levantado, mas com dois dedos levantados em referencia aos arqueiros ingleses que tinham seus dedos podados por franceses quando viravam prisioneiros).

Bom, deu para entender que aqui eles nao gostam de franceses, nao 'e mesmo? Bom, eles tambem nao gostam de argentinos devido a guerra das malvinas (ou falkland war, como eles chamam aqui as ilhas. umas ilhas ao lado da argentina, que era territorio dauqi, e que no governo da Tacher foram invadidas pelo governo milico argentino. Deu uma guerra de HONRRA, os ingleses levaram a melhor na conquista de uma terra onde NADA se planta e a Tatcher ganhou mais dois mandatos de quebra... eta Dama de Ferro, como aqui 'e conhecida a mal comida, arretada so!).

Bom, eles tambem nao gostam de muculmanos (porque dizem, sao todos uns terroristas) e eles tambem nao gostam dos catolicos (que impediram o rei tadinho de se separar quando a mulher dele, corna, nao conseguia ter filhos e dai nasceu a igreja anglicana).

Eles tambem tem algum problema com os latinos, principalmente depois que na decada de 80 vieram levas oficiais de jamaicos para fazer trabalho que ingles nao queria fazer. Eles tem um pouco de desconfianca tambem dos poloneses, que segundo o motorista de onibus que entrevistei "trabalham por qualquer preco abaixo da tabela so porque na porra do pais deles se passa fome" e para falar a verdade, todo o leste europeu (aqueles filhos da putinha que eram comunista e agora sao pobres) tambem sao meio odiados. Os gregos sao desgostados, tal como os espanhois e os portugueses, porque sao pobres e vem roubar emprego.

Mas tudo bem, eles odeiam tambem um pouco os chineses, que segundo eles chegam em levas e nao se importam em aprender uma lingua nova, e com todo mundo que 'e meio oriental pelo simples fato de que eles sao "sujos" (mesmo sabendo que aqui 'e que a fama de sujinho cabe bem)

Bom, pensando bem, aqui 'e um pais de muito amor. Amor ao proximo aqui 'e o que nao falta!

Enquanto isso, leiam abaixo a noticia que deu origem a toda essa discussaoo... And god save the queen!

FSP - HOJE

Bélgica inaugura primeiro museu dedicado à batata frita

MÁRCIA BIZZOTTO
da BBC Brasil

O primeiro museu dedicado exclusivamente à batata frita abre suas portas nesta quinta-feira na cidade medieval flamenga de Bruges, a 96 quilômetros ao nordeste de Bruxelas, na Bélgica.

"Junto com o chocolate, a batata frita é certamente o produto que melhor caracteriza o estilo de vida belga", afirmam os fundadores do museu, Eddy Van Belle e o filho Cédric.
BBC
Bélgica inaugura primeiro museu dedicado à batata frita na cidade flamenga de Bruges; prato se difundiu do país europeu ao mundo
Bélgica inaugura primeiro museu dedicado à batata frita na cidade flamenga de Bruges; prato se difundiu do país europeu ao mundo

Por isso, afirmam, "não era apenas normal, como indispensável, que o primeiro museu da batata frita do mundo fosse aberto na Bélgica", país que reivindica a criação de um dos pratos mais populares do mundo.

...

Eles seriam os responsáveis pelo nome como o prato ficou conhecido em inglês --french fries, fritas francesas, em alusão ao idioma falado pelos belgas (assim como o flamengo, derivado do holandês).

2 comentários:

Salvatti disse...

Igreja Republicana!?!?!?!?! aiaiaiai... (não dá idéia pro Bush...)

Salvatti disse...

juro que recebi no meu e-mail dizendo "igreja republicana". arrumou, foi?